Telefonia IP: devo migrar para ela imediatamente?

Você já deve ter ouvido falar que a telefonia por IP é capaz de revolucionar a forma como a comunicação da sua empresa com outras unidades e o mercado ocorre. Mas sabe exatamente por que ela oferece vantagens em relação ao padrão tradicional? Outra situação pela qual você pode ter passado: recebeu informações do departamento de Tecnologia da Informação (TI) de que a organização deveria colocar entre as prioridades financeiras um valor para investimento na renovação do sistema de telefones, mas não ficou totalmente claro porque a mudança é necessária.

Para esclarecer estas e outras dúvidas que você tem sobre esse assunto, nossos especialistas prepararam este artigo que vai explicar detalhadamente o que está em jogo quando se mexe no sistema de telecomunicações de uma empresa, independente do tamanho que ela tenha. Ainda que hoje tudo pareça estar funcionando corretamente, uma alteração técnica que a priori não seja identificada como necessária pode ser, na verdade, o primeiro passo em direção ao aumento da produtividade, redução de custos e aproximação do seu negócio com os clientes.

A pesquisa TIC Empresas mais recente (2018), elaborada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), apresenta alguns dados que ajudam a compreender a relevância desta tecnologia no universo corporativo: segundo o levantamento, o uso de soluções de comunicação por voz via internet nas micro, pequenas, médias e grandes empresas aumentou. Entre 2010 e 2017, a proporção cresceu de 51% para 63%, com ênfase adoção de plataformas segmentadas de telefonia IP — que passou a responder por 25% do mercado (antes eram 15%).

Há o entendimento entre os pesquisadores de que estes números tendem a crescer exponencialmente. No entanto, a popularização da tecnologia e a capilaridade das conexões telefônicas IP seria ainda mais expressiva se o conhecimento sobre os benefícios dessa forma de transmissão de voz fosse maior do que se encontra hoje. Além de conhecer mais, as empresas tendem a aumentar o interesse por uma solução deste tipo à medida que a próxima oferta de conexões — mais estáveis e de alta velocidade por meio de infraestrutura 3G/4G e fibra óptica —  estiver disponível nas suas respectivas áreas de atuação.

PABX convencional X VoIP: qual é a diferença?

A utilização do IP no nome pode provocar uma confusão de entendimento de conceitos e prejudicar a capacidade de decisão sobre a compra de uma tecnologia de comunicação. Por isso, é importante saber que IP significa Internet Protocol — protocolo de internet, em português — e que é a partir deste conjunto de regras de comunicação que a tecnologia foi desenvolvida.

Mas antes de explicar como funciona um sistema baseado em VoIP, é importante compreender o PABX convencional. Esse equipamento, geralmente instalado dentro da sede física da empresa, consiste em uma central de distribuição telefônica privada que funciona de forma automática. Nela entram as linhas externas que são compartilhadas com os ramais internos, permitindo que estes façam ligações para dentro ou fora da empresa de forma simples e sem a necessidade de intervenção humana. Esse hardware ainda opera em diversos estabelecimentos — sobretudo de pequeno e médio portes — mas tende a cair em desuso com o passar do tempo por conta do surgimento de soluções mais modernas e eficientes.

Essas novidades passam pela utilização de máquinas virtuais, que diferentemente do modelo citado acima, não precisam ficar instaladas fisicamente no cliente. Elas são hospedadas uma nuvem pública da operadora de telefonia, por exemplo, não consomem energia elétrica da empresa que a utiliza nem geram custos de manutenção periódica (com sistemas de refrigeração, pessoal especializado, nobreaks, peças), já que a contratação deste tipo de solução prevê o monitoramento por uma equipe de especialistas constantemente e o restabelecimento da funcionalidade dentro de uma previsibilidade acordada, sem depender de reposição de hardware.

A tecnologia VoIP permite a transmissão de voz pela internet, ajudando a reduzir significativamente os custos com quaisquer plataformas e processos técnicos de comunicação.

As centrais IP funcionam com aparelhos IP, softphones, browsers ou aplicativos, uma vez que os sinais já são nativamente digitais. Isso permite excelente qualidade de som e imagem (sim, é possível fazer videochamadas) e permite a realização de videoconferências, transmissões e conexões entre pontos geograficamente distantes (inclusive entre países) com excelente qualidade e custo muito baixo (como se fosse uma ligação entre ramais).

Aplicabilidade da telefonia IP: possibilidades para a sua empresa

Ainda que não seja voltada exclusivamente para o mercado corporativo, a telefonia IP é uma das criações tecnológicas que mais trazem benefícios para este ambiente — sobretudo quando comparada com uma série de outros recursos. Esse tipo de solução foi criado especialmente para otimizar os negócios no mercado B2B (business-to-business, ou “entre empresas”) e está totalmente alinhado com as entregas necessárias para o funcionamento perfeito das estruturas empresariais — de todos os portes.

Uma das principais vantagens é a conectividade de ponta a ponta entre todos os dispositivos da rede de dados disponível, que oferece capilaridade comunicacional e qualidade na integração.

Entre as características mais importantes de um sistema, destacam-se como fatores determinantes para a adoção da tecnologia:

  • Economia e aceleração de processos: a popularização de rotas digitais e links de alto desempenho permitiu que o mundo corporativo buscasse soluções mais eficientes que as tradicionais operadoras de telefonia para interligar suas unidades de negócio, clientes e fornecedores. Com a migração para redes modernas baseadas no tráfego de pacotes de dados, conexões que antes seriam feitas por ligações DDD ou DDI (internacionais) são feitas via VoIP, já que não há limitação geográfica quando se fala em envio e recebimento de conjuntos de informação digital na rede. Além de baratear a conta telefônica no final do mês, isso agiliza as rotinas por permitir a integração entre os times a um toque de botão — sem a necessidade de solicitações especiais como poderia acontecer no DDI;
  • Mobilidade e segurança: Há PABXs virtuais que operam em servidores externos ou da própria empresa e, dependendo do projeto, não é preciso nem comprar equipamentos para manter tudo funcionando. Nesse tipo de modalidade de contratação da solução, o fornecedor é quem se responsabiliza em manter a aplicação on line e expandir a quantidade de usuários conforme a necessidade do cliente;
  • Gerenciamento por meio aplicativos e softwares dedicados: para permitir que a experiência do usuário final seja simplificada e eficiente, é comum que aplicativos para estações de trabalho e smartphones sejam disponibilizados. Eles são acompanhados de um sistema de gerenciamento centralizado de dispositivos IPs, na qual é possível, em determinada hora do dia que todos os dispositivos sejam gerenciados e atualizados, evitando que a equipe de TI precise executar esse trabalho de forma individualizada, em cada uma das estações (disponível para usuários com privilégios administrativos previamente cadastrados).

Viabilidade técnica

A telefonia IP surgem como uma importante alternativa ao mercado de telefonia, seja por meio das maiores operadoras em operação no Brasil ou de provedores de serviço de internet especializados na entrega de conexões com links dedicados. Claro que para funcionar, sistemas baseados no envio de voz e vídeo por pacotes no protocolo de internet precisam de conexões previamente existentes, mas perceba: até aqui há possibilidade de economizar, já que os links de dados estão cada vez mais baratos em função dos investimentos das operadoras que provêem toda a infraestrutura de comunicação.

Mesmo assim algumas empresas podem relutar no desenvolvimento de um projeto de migração para a telefonia por acreditar que é preciso investir muito na substituição de toda uma estrutura. Felizmente uma intervenção cara e intensa desse tipo não é mais necessária, já que a tecnologia disponível permite a integração das soluções baseadas em IP com redes convencionais de telefonia. Isso é possível a partir do momento em que as empresas decidem instalar PABXs híbridos, uma excelente opção entre as soluções analógicas do passado e a completa digitalização promovida pelas redes de telefonia IP. Ao optar por esse tipo de solução, o cliente terá a possibilidade de fazer investimentos mais suaves nos novos recursos e adaptar sua infraestrutura gradativamente.

Os principais fabricantes de softwares e tecnologias para comunicação do mundo dispõem em seu portfólio de centrais e PBXs híbridos que permitem a integração completa com os ramais já existentes. Esses equipamentos permitem aproveitar a infraestrutura analógica da central convencional e a digital usada na telefonia IP moderna sem que seja necessário realizar grandes intervenções físicas. Essa facilidade é particularmente útil em ambientes de empresas que não querem renovar todo o parque comunicacional de uma vez só ou desejam implantar gradativamente a nova tecnologia.


Para conhecer mais sobre como a telefonia IP pode transformar a comunicação da sua empresa, leia o nosso blog e confira outros conteúdos preparados pelos nossos especialistas especialmente para a sua área de negócios. Visite também o nosso site e conheça outras soluções que desenvolvemos para o ambiente corporativo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat On-line
Preencha as informações abaixo para iniciar o Chat