SaaS para empresas: perspectivas para a comunicação

O ano de 2019 se aproxima com a perspectiva de ser um dos mais importantes para o mercado de SaaS para empresas desde a popularização desse tipo de tecnologia, por volta de 2015. Isso impacta diretamente nos profissionais da área de tecnologia da informação e comunicações (TIC), que além de terem que lidar com as soluções já existentes e oferecidas aos clientes, precisam se preparar para manter ainda mais contato com softwares de recorrência — se é que já não o fazem.

Estudos recentes apontam que no ano que vem 60% de toda a infraestrutura de TIC será baseada em serviços remotos, sobretudo na nuvem (recursos on-premises também aparecem no levantamento). Com o panorama ampliado até 2020, os especialistas que tabularam os dados acreditam que o percentual gasto com softwares como serviço e tecnologia chegará a 70% do orçamento global do segmento. Por isso é fundamental que os CIOs comecem a encarar a computação em nuvem e o seu braço de cloud como um componente imprescindível para manter a competitividade das operações às quais estão vinculados — sobretudo de negócios que precisem estabelecer e manter canais fortes de comunicação com os públicos interno e externo.

E você, sabe ao quê as empresas devem estar atentas na hora de aplicar a nuvem na comunicação? Clique aqui e veja o infográfico que produzimos sobre esse assunto!

As previsões internacionais sinalizam que o mercado de nuvem deve ultrapassar US$ 112,8 bilhões até o próximo ano, chegando a US$ 164,3 bilhões até 2022. Tais movimentos ajudam a explicar por que a entrega de softwares como serviço para empresas deve superar de forma expressiva o consumo tradicional de sistemas, crescendo quase cinco vezes mais rápido que o modelo comum. Isso significa dizer que a cada US$ 4,60 gastos em soluções de tecnologia, US$ 1 será investido em SaaS para empresas.

Por permitir a contratação de soluções avançadas por meio de assinaturas, esse modelo potencializa a produtividade das empresas, que podem otimizar os recursos investidos na área de telecomunicações e escalar a infraestrutura conforme a demanda. Do ponto de vista estratégico, melhora o investimento em uma área que é fundamental para a manutenção do negócio, sem fazê-lo crescer na mesma proporção que o tamanho da operação.

Mais opções de SaaS para empresas

No curto e médio prazos, o número de serviços e soluções baseadas em nuvem deve continuar aumentando. Além dos que já são populares, como aqueles que fornecem comunicação ágil e mais econômica para o mercado corporativo, a consultoria Bain & Company prevê uma “explosão” de novos recursos. Essa procura crescente vai ser responsável por aumentar em 18% o CAGR (Compound Annual Growth Rate) baseado em assinatura.

Esse indicador é um dos motivadores para que as corporações revejam o modelo de contrato de diversos insumos que mantém hoje com fornecedores tradicionais. Em algumas áreas, migrar de uma solução local que exija a compra de equipamentos e a manutenção de equipes especializadas para resolver questões técnicas para um sistema escalável, monitorado por especialistas e que não dependa de hardware comprado pelo próprio cliente pode significar um importante movimento de preparação e aproximação do futuro. Porque, como você já leu neste texto, movimentos neste sentido têm sido uma constante no ambiente corporativo e serão responsáveis pela adoção de um novo paradigma.

A transformação já permitiu aos próprios fornecedores desenvolver projetos especiais que se aplicam às mais variadas necessidades. Um dos campos que oferece mais possibilidades e oportunidades de otimização é justamente o da comunicação, que tem diversas soluções para aproximar equipes, clientes e empresas.

Nuvem híbrida: SaaS para empresas em transformação

Muitas empresas ainda não entraram “pra valer” no mercado dos softwares como serviço por terem receio sobre como a transição vai acontecer. De fato, a migração completa de uma plataforma para outra exige atenção, mas não é impossível nem arriscada.

Uma solução adequada é a adoção de uma nuvem híbrida, que terão um papel importantíssimo no próximo ano. Esse tipo de contrato permite que as corporações façam a transição no próprio ritmo e a um custo significativamente menor. Especialistas que analisam o mercado de nuvem acreditam que em 2019 elas buscarão a eficiência da plataforma de forma mais intensa, e será o momento exato para fomentar a cultura da adoção da cloud nas organizações.

Especificamente falando sobre as soluções de comunicação, é possível contar com plataformas que funcionam integradas aos equipamentos já existentes na empresa (inclusive analógicos) e ampliar a capilaridade, melhorar a utilização e reduzir proporcionalmente os custos com esse tipo de estrutura fundamental.

A internet é para o mundo hoje o será amanhã o SaaS para empresas

Todos esses prognósticos reforçam a importância de se investir mais na nuvem como o grande hub de serviços corporativos. Não apenas pelas características que elencamos antes, mas porque o mercado seguirá cada vez mais neste sentido. Em pouquíssimo tempo dizer que uma empresa não usa SaaS soará tão absurdo como hoje é afirmar que ela não usaria a internet.

A nuvem será distribuída, inteligente e cada vez mais confiável. Alguns relatórios sinalizam que o ambiente corporativo deixará de ver a nuvem como um recurso de tecnologia e o interpretará, cada vez mais, como parte integrante do core business das empresas.

Clique aqui e leia o nosso infográfico sobre como a tecnologia em nuvem pode ajudar a sua empresa a melhorar a comunicação.

Para continuar acompanhando as tendências sobre o mercado da comunicação em nuvem e as tendências da área, leia sempre o nosso blog e acesse o nosso site.

saas para comunicação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *