PABX híbrido: solução para modernizar a comunicação corporativa

O PABX (Private Automatic Branch Exchange ou Troca Automática de Ramais Privados) é umas das principais ferramentas existentes no mercado no que diz respeito às operações de telefonia corporativa. Embora não seja propriamente uma novidade, uma vez que o sistema é utilizado em larga escala no mundo corporativo, essa é uma tecnologia que vem sendo aprimorada ano após ano. Os novos recursos e funcionalidades agregados permitem que as empresas tenham à disposição um produto com muito mais qualidade a um menor custo. Um exemplo é o PABX híbrido. Você sabe o que é e como essa solução funciona?

Para esclarecer as principais dúvidas sobre esse assunto, nossos especialistas prepararam este artigo que vai explicar detalhadamente quando é preciso mexer no sistema de telecomunicações de uma empresa e em quais casos a central híbrida é a melhor alternativa. Você vai entender melhor os benefícios desse modelo e descobrir que muitas vezes bastam pequenas adaptações para que a sua empresa cresça com mais qualidade e rentabilize com mais eficiência o negócio.   

 

Mas, afinal, o que é um PABX híbrido

Para começar, é importante falarmos sobre definição. Um PABX híbrido nada mais é do que a combinação do equipamento analógico — utilizado pela maioria das empresas brasileiras, independente do porte — à tecnologia VoIP (voz sobre IP, em português). Na comunicação IP, todas as chamadas telefônicas entre a sede da empresa, as filiais e os demais escritórios são realizadas sem qualquer custo. Sendo assim, esse modelo se mostra como uma ótima alternativa para as organizações que possuem uma infraestrutura de linha analógica pronta, porém desejam iniciar o processo de modernização.

Além da solução híbrida, existem outros equipamentos PABX e a decisão por determinado modelo vai depender muito do que a empresa deseja, do número de colaboradores e do orçamento disponível. O objetivo de todos é um só: permitir a distribuição de linhas telefônicas para diferentes ramais, viabilizando ligações externas ou internas sem a necessidade de um operador dedicado (que costumamos conhecer como telefonista). Confira a seguir um breve resumo sobre os diferentes tipos de PABX.

 

  • Analógico: um dos mais antigos serviços de telefonia, o PABX analógico possui funções bem básicas, limitando-se na maior parte das vezes à realização de chamadas e transferência entre ramais. No entanto, como o custo de atualização é bastante alto, muitas empresas ainda utilizam esse modelo;
  • Digital: oferece mais recursos em relação à infraestrutura analógica, além de melhor qualidade de voz. Facilita a discagem direta para ramal (DDR), tem opção de controle do volume da ligação e pode se conectar a linhas fixas e troncos digitais E1;
  • Híbrido: agrega a tecnologia VoIP a uma infraestrutura de linha analógica já instalada;
  • IP: mais avançado que as versões anteriores, permite a integração com soluções de gravação de chamadas e pode receber ligações de diversas origens (via SIP ou entroncamentos E1 (por meio de gateway). Os dispositivos associados, que eram chamados de ramais, agora podem ser substituídos por eficientes recursos SIP (aplicativos para iOS e Android; desktop; telefones IPs);
  • Nuvem: nesse tipo de solução, não existe equipamento físico. Tudo fica armazenado em um data center que pode ser da empresa prestadora do serviço ou do cliente.  

Quais são as vantagens do PABX híbrido

No mercado de telecomunicações, costuma-se dizer que o PABX híbrido reúne o que há de melhor nos modelos analógico e digital, permitindo que as organizações aproveitem todos os benefícios proporcionados por inovações como o VoIP, mas sem precisar arcar com os custos associados a uma migração total da infraestrutura. Em outras palavras, as empresas podem manter sua política de comunicação corporativa atualizada e a curva de transformação digital crescente sem comprometer o orçamento.

 

Imagine ter que substituir de uma vez só todos os terminais telefônicos, descartando centenas de metros de cabo? Além disso, há o custo com a mão de obra especializada e a redução mesmo que momentânea da produtividade das equipes, uma vez que os técnicos precisarão acessar locais com grande tráfego de pessoas para fazer as instalações. Mesmo que tudo isso ocorra fora do horário de expediente, existe sempre um impacto importante.

 

Com o PABX híbrido isso não acontece porque uma de suas principais vantagens é justamente a economia de recursos e de tempo, uma vez que não será necessário realizar grandes investimentos ou mudanças estruturais significativas. O processo de implantação da nova tecnologia é bastante rápido. Além disso, ao contrário de outras soluções, o PABX híbrido não exige o desligamento de unidades durante a sua instalação e nem interfere no fluxo de trabalho das equipes.   

 

Depois de instalada, essa tecnologia permite interligar filiais e escritórios geograficamente distantes sem qualquer custo adicional, possibilitando que as chamadas sejam feitas com valores mais baixos, dependendo de cada tipo de chamada. Outra característica importante é que nos casos de queda do PABX ou do servidor VoIP ele acessa automaticamente uma rede diferente.

Esse módulo permite que os sinais digitais sejam convertidos em analógicos para que eles trafeguem tanto pela rede pré-existente (os chamados pares metálicos) quanto pelo cabeamento estruturado destinado à rede de dados e telefonia IP. Dessa forma, possibilita a evolução dos dispositivos que utilizem pacotes de dados para o tráfego de informações (telefones IP, softphones) ao mesmo tempo em que permite ao departamento de Tecnologia da Informação (TI) realizar pequenas intervenções nos ambientes corporativos.

Podemos destacar ainda o fato de que a transição para outras tecnologias mais avançadas é muito mais fácil a partir da central híbrida. Muitas vezes as empresas desejam e até mesmo precisam inovar na sua comunicação, mas por conta do alto investimento a equipe de TI não consegue colocar a pauta na lista de prioridades da diretoria.  

Confira os recursos que uma central híbrida oferece:

  • Seleção automática de linhas;
  • Bloqueio de recebimento de chamadas;
  • Direcionamento de chamadas;
  • Integração entre matriz e filial sem custos;
  • Incorporação de ramais móveis (celulares ou IP) ao sistema;
  • Gravação de chamadas;
  • Videoconferência, entre outras funcionalidades.

Em quais situações a central híbrida é a opção mais recomendada

Exatamente pelo fato de utilizar uma infraestrutura tradicional já existente, esse modelo é indicado para empresas que já possuem linhas de telefone analógicas instaladas e não desejam substituir totalmente esse sistema, mas que ao mesmo tempo precisam inovar na comunicação, utilizando os recursos avançados oferecidos pela telefonia VoIP.

Podem ser, por exemplo, organizações que operam há anos em um local e estejam instalando novas estações de trabalho dentro de um mesmo prédio. Para esses casos, nem sempre é vantajoso investir na implementação de uma rede analógica, justamente por ser uma tecnologia que não oferece grandes funcionalidades quando operada apenas no modo tradicional e que ficará obsoleta em pouco tempo.

Por outro lado, uma intervenção técnica, com a migração total e substituição de todo o cabeamento e dos equipamentos de comunicação, tampouco é viável, principalmente do ponto de vista financeiro. Afinal, os momentos de expansão costumam vir atrelados a custos adicionais com aquisição de novo mobiliário, reforço de equipe com a contratação de novos profissionais, além de outras melhorias técnicas e operacionais.   

 

A saída, então, passa pelo investimento na central híbrida, que é capaz de converter os sinais convencionais de voz e os pacotes de dados do protocolo de internet automaticamente. O sistema permite a conexão de ramais analógicos, links E1, troncos SIP, aparelhos IPs, softfones e troncos analógicos, proporcionando mobilidade integrada às soluções analógicas legadas. Como resultado, temos uma otimização substancial do investimento feito pela empresa.

Para conhecer melhor como funcionam as tecnologias mais inovadoras de PABX continue acompanhando o nosso blog e confira todos os conteúdos preparados pelos nossos especialistas. Visite também o nosso site e conheça outras soluções que desenvolvemos para o ambiente corporativo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *