A atualização de softwares é importante para sua empresa?

O setor de tecnologia da informação está em permanente mudança. Diariamente, softwares são lançados, atualizados ou retirados de uso. Tudo isso a uma velocidade que algumas vezes pode ser difícil de acompanhar para algumas pessoas. A preocupação com a atualização de softwares é uma constante para quem trabalha no setor de TI.

E quando pensamos em softwares de gestão utilizados por empresas, a atualização desse tipo de sistema pode trazer dores de cabeça aos gestores de TI. Seja por costume, facilidade ou uma questão de adaptação, diversas empresas utilizam o mesmo software durante um longo tempo e não se preocupam em encontrar novos programas que possam atender melhor suas necessidades. Isso porque, muitas vezes, tais aplicações costumam ter certo custo às empresas e trocá-las geraria um gasto que diretores ou gerentes não estão dispostos a pagar, por deixarem de considerar o ganho em longo prazo.

O problema de não atualizar softwares

Como dissemos no início do texto, a área de TI está sempre passando por diversas mudanças e a utilização de softwares  nem sempre consegue acompanhar o crescimento da da estrutura da empresas. Isso acaba se tornando um problema não só para o gestor de TI, que é o responsável por lidar com os equipamentos de informática nas organizações, como para a empresa de um modo geral.

Softwares mais antigos não apresentam ao usuário as soluções necessárias para os problemas atuais da empresa, uma vez que, quando o software foi adquirido, as exigências do mercado e da empresa eram outras. A economia aparente conquistada do uso de softwares desatualizados, pode resultar em uma queda na competitividade. Isso porque, muitas vezes, os processos internos estão ligados aos softwares; e novas ferramentas e tecnologias que poderiam alavancar a produtividade deixam de ser utilizadas, já que o software não disponibiliza uma integração ou é simplesmente um software engessado, que permite pouca customização.

Outro ponto a ser analisado em relação a aquisição e atualização de softwares é o próprio histórico do desenvolvedor do sistema. Em um cenário tão dinâmico quanto o de tecnologia da informação, ideias e novidades surgem a todo o momento, mas nem todas mostram-se eficientes o suficiente e capazes de suprir as necessidades do mercado. Sendo assim, alguns softwares, por mais promissores que sejam, acabam não recebendo a atenção necessária de seus desenvolvedores e são deixados de lado, ficando sem suporte e sem atualizações que poderiam melhorá-lo.

Softwares atualizados = mais produtividade

Podemos citar ainda como exemplo dos problemas trazidos pela falta de atualização de softwares é que programas antigos podem não ter integrações com outros programas utilizados pela empresa ou funções benéficas que não são encontradas em versões mais antigas do software.

Softwares atualizados mais produtividade
Essa parece a realidade na sua empresa?
Programas e aplicativos que não apresentam as funcionalidades necessárias acabam afetando a produtividade dos funcionários, uma vez que o trabalho acaba sendo dificultado pela falta das aplicações úteis às novas finalidades do sistema. E isso não há equipe de TI que resolva!

Outra questão importante sobre a atualização de softwares é justamente em relação à segurança. Um programa que não possui atualizações recentes está mais exposto à riscos de ataques de hackers ou a perda de dados importantes para a empresa. Softwares atualizados possuem dispositivos de segurança que são constantemente atualizados.

Por que se preocupar com a atualização de softwares?

Como vimos, a atualização de softwares não é meramente uma questão de utilizar ou não as novas funcionalidades de um programa, entretanto, realizar ou não a atualização destes programas afeta outros ponto dentro de uma empresa.

Desta forma, encarar tal necessidade como apenas “mais um gasto desnecessário” é, na verdade, muito mais dispendioso do que se fossem encontradas e aplicadas atualizações constantes a este tipo de serviço.

Além disso, a atualização dos softwares não deve significar apenas adquirir o software mais recente do mercado, mas sim aquele que mais se adéqua e traz maior quantidade de benefícios para a realidade da empresa.

Hoje em dia é difícil imaginar a vida sem os computadores, mas de nada adianta colocá-los a disposição dos funcionários se eles não possuírem funções e programas adequados ao serviço que a empresa quer prestar ao público.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat On-line
Preencha as informações abaixo para iniciar o Chat