Quais as vantagens financeiras de um fornecedor nacional de comunicação nas empresas?

Há determinados pré-requisitos que os diretores financeiros devem ter em mente ao escolher um fornecedor de comunicação nas empresas. O fator “nacional”, por exemplo, conta bastante. Ter alguém próximo pode facilitar no momento em que o negócio precisar escalar e assim aumentar o suporte das suas soluções. Ou, ainda, quando houver determinados desafios e necessitar de uma resposta rápida. Se o fornecedor estiver no mesmo país, não será preciso ter que passar por várias instâncias nem se comunicar em outras línguas para que um problema seja solucionado.

A comunicação nas empresas precisa prover o básico, nesse caso, sua premissa. Mas, ainda assim, há questões que os diretores financeiros precisam ter bastante claras no momento da contratação de uma solução nacional. As principais delas são:  

  • Há melhoria na comunicação? Analisar se o sistema atual não está atendendo corretamente e se o fornecedor de comunicação nas empresas irá agregar algum valor.
  • Qual será a redução de custos? Aqui, entram equações que vão além do “valor investido”, mas qual o custo-benefício a médio e longo prazo.
  • A produtividade vai aumentar? Medir, por exemplo, qual seria o impacto nas centrais de atendimento. É necessário medir, por exemplo, qual será o impacto nas centrais de atendimento a partir desse aumento.
  • Como será o controle de ligações? Se os diretores financeiros conseguirão ter mais indicadores para gestão.
  • Há registro e gravação de ligação? Essa funcionalidade pode auxiliar em análises e, ainda, no quesito segurança da própria empresa.
  • Como é a integração entre sistemas? Veja se o fornecedor de comunicação nas empresas consegue integrar voz, mensagens, CRM, redes sociais e ainda possui abertura para novos canais de interação com os clientes.
  • Qual a flexibilidade do fornecedor de comunicação nas empresas? Saber o quão disposto o fornecedor está disposto a inovar, se está buscando tendências de mercado e oferecendo flexibilidade para que seus clientes possam crescer e melhorar.
  • Customização de sistemas? Um fornecedor nacional pode oferecer soluções sob medida para seus clientes e acompanhar de perto as novas necessidades e demandas que surgirem na prática.
  • A segurança está garantida? As soluções em nuvem, por exemplo, tem se mostrado uma opção bastante procurada por quem quer manter seus dados em segurança.
  • O fornecedor é nacional? Essa questão faz toda diferença na hora em que for preciso trabalhar com suporte e expansão de solução. Além de estar adequado, por via de regra, com a legislação do país.

Os pré-requisitos mudam de acordo com algum contexto?

O fornecedor nacional de comunicação nas empresas deve estar preparado para mudar de acordo com o contexto dos negócios atendidos, principalmente atendendo aos objetivos, prazos e recursos disponíveis. Muitas vezes uma solução considerada ideal na teoria pode não ser viável na ocasião inicial, por conta dos itens que já citamos acima: prazo exigido, investimentos necessários, etc.

Na rotina mais comum entre um fornecedor nacional e um cliente (a empresa que irá consumir as soluções), existe uma entrada “menor”, como uma pequena modificação nos processos. Depois, por existir a proximidade, inclusive física, é possível apresentar novidades, como a automatização dos atendimentos com a URA (Unidade de Resposta Audível) em que há ganhos de produtividade dos recursos pessoais, fazendo com que o usuário final, ao acessar o equipamento (URA), consiga realizar um auto-atendimento com sucesso.

Outro item questionado é sobre o tamanho da empresa.Porém, essa informação acaba não sendo tão relevante ao escolher o fornecedor. Na verdade, o mais correto é deixar de lado o porte, mas pensar em quais são as necessidades que as soluções deverão atender. É possível ter uma pequena central de atendimento, mas que requer um grau de customização alto. Da mesma forma, ter uma empresa maior e que somente precisa de um PABX convencional.

O que acontece, de fato, com mais frequência é que as empresas maiores têm necessidades mais complexas. Porém, não é uma regra. Mas quando isso acontece, as demandas por recursos de solução corporativa são mais intensas e implicam em aumento de cuidado com o projeto e nas escolhas dos equipamentos. Podem ser uma série de soluções que entram num mesmo desenho para um único negócio, como controle de chamadas, gravação, integração, customização, entre outros.

Por esse motivo, é tão relevante contar com fornecedores nacionais com tecnologia de ponta, possibilidade de customização (dos produtos desenvolvidos no Brasil) e acesso ao desenvolvedor sem intermediários. Também há a questão do suporte 24 horas nos 7 dias da semana, numa rede com credenciados por todo território brasileiro para fazer um atendimento local nos casos necessários. As áreas de treinamento devem possibilitar ao cliente receber informações presenciais (no fornecedor ou na empresa) ou num modelo remoto.

Quer saber mais sobre soluções de comunicação nas empresas? Deixe seu comentário!

produtividade ebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *