Uma comunicação inovadora pode aumentar a competitividade das empresas

Se há algo em comum entre diferentes mercados é a competitividade entre as empresas. Por essa razão, cada dia mais estão sendo buscadas soluções tecnológicas que criam vantagens e trazem destaque para produtos e serviços. Investir em uma comunicação inovadora com os clientes, por exemplo, é um dos pontos-chaves para estar à frente dos demais. Entretanto, para que isso ocorra, é igualmente necessário apostar nas automações de processos.

Como as automações contribuem com uma comunicação inovadora? A competitividade pode ser vista por vários ângulos. O mais tradicional está associado quando a empresa busca reduzir custos e, dessa maneira, fomentar iniciativas e oferecer preços mais atraentes. Outra forma é aumentar a competitividade criando um diferencial, como a automação.

Michael Bloomberg, fundador da Bloomberg L.P., discutiu recentemente sobre as tecnologias do futuro e as automações de operações. Para  o empresário, em dez anos haverá mais opções tecnológicas do que aquelas utilizadas desde a época de Thomas Edison até hoje. Ou seja, não investir em uma comunicação inovadora é um erro que será evidenciado em pouco tempo. Bloomberg afirma que as novidades estão aparecendo aos poucos. Por exemplo, as pessoas ainda utilizam telefones celulares, mas está crescendo a quantidades de aplicativos e funcionalidades do próprio aparelho. Isso pode ser trazido para qualquer contexto, hardware ou software.

Comunicação inovadora e automações: duas aliadas

As automações são frutos de atividades que repetem incansavelmente os mesmos padrões e fluxos. No âmbito do relacionamento com o cliente, as empresas têm investido na URA (Unidade de Resposta Audível) e possibilidades de comunicação inovadora que atendam de forma rápida, com eficiência e proporcionando uma ótima experiência. O que a URA e as tecnologias fazem é suprir demandas usuais e operacionais, fazendo com que os colaboradores possam se concentrar verdadeiramente no core business.

A automação promove a otimização de recursos da empresa, pois promove uma comunicação inovadora que economiza no ativo humano operacional para formar equipes de especialistas no que está sendo realmente oferecido ao cliente. A URA dentro do ambiente financeiro pode ser utilizada como um exemplo. Quando se faz uma ligação para um banco, existe uma série de dados que precisam ser recolhidos para segurança do usuário e da instituição. A URA, neste contexto, irá solicitar a senha, CPF, informar o saldo e oferecer inúmeras informações sem que seja preciso falar com alguém.

Em uma comunicação inovadora, o importante é conseguir oferecer soluções e oportunidades que irão facilitar a vida do cliente. O atendimento por URA ou online são apenas duas opções. Hoje, não existe apenas a maneira tradicional de suporte automático. As URAs modernas podem ser configuradas para se tornarem mais amigáveis e atenderem negócios clientes. Também é possível utilizar o chatbot, que é um robô que basicamente conversa por meio do chat. Mais uma vez pensando em bancos, o chatbot fará perguntas: deseja saber o saldo da conta corrente? O saldo da poupança? Basta escolher e receber a informação.

De qual forma isso representa uma vantagem competitiva? As automações permitirão que processos usuais não necessitem de atendentes exclusivos para isso, proporcionando investimento novos. O diferencial está em oferecer exatamente o que o cliente procura, de forma rápida. Eles querem ser ajudados instantaneamente. Caso isso não ocorra com o seu atendimento, irá se questionar “quem faz isso melhor que essa empresa e agora mesmo?”.

Quais são as principais tendências para uma comunicação inovadora?

Entrando mais no chat, agora consegue-se trocar arquivos, fotos e vídeos com a utilização da tecnologia. Pode ocorrer do chatbot recolher e validar a identificação do cliente e enviar na mesma hora um boleto ou um catálogo de produtos. Neste último, a capacidade de prospecção cresce: o robô pode encaminhar um portfólio específico, dividido por categorias, de acordo com o que a pessoa solicitar e estiver interessada.

Os chats de suporte, conduzidos por um colaborador técnico, podem se tornar um canal de comunicação inovadora. Para o cliente, basta se conectar a Internet e relatar uma dificuldade ou necessidade. Do outro lado, o operador irá questionar, por exemplo: será que foi conectado da forma certa? Para verificar isso, o cliente pode usar o chat por celular, ligar a câmera ou vídeo e mostrar o produto. Assim, o especialista conseguirá verificar se o conector está no local correto. Não é preciso que se desloque até a residência, o problema é solucionado com agilidade, mais satisfação e menos custos.

Por fim, a comunicação unificada facilita e centraliza as interações em diferentes plataformas: por voz, chat, redes sociais, etc. Pode ser utilizada internamente, entre a equipe da empresa, ou no atendimento ao cliente. Independentemente se a pessoa fizer um contato por uma plataforma e depois por outra, será gerenciada por um único sistema e terá um histórico que contempla todas as possibilidades.

Quer saber mais sobre o assunto ou ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *