Publicado: 30/11/2021Tempo de leitura: 8 min.

Conheça 6 dicas para aumentar as vendas na retomada econômica.

Publicado por

Marketing Dígitro

Marketing Dígitro

Conteúdos Especiais

Em maio de 2020, após o início da pandemia e a paralisação geral, a Covid Radar realizou um estudo sobre a retomada econômica no Brasil. Naquela época, 100% das microempresas acreditavam que a crise sanitária teria um impacto negativo nos negócios. Quando falamos das médias, 44% pensavam da mesma forma. E, como sabemos hoje, elas não estavam erradas. Em julho daquele mesmo ano, foi identificado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) outro ponto fundamental: 37,5% das companhias que não são financeiras tiveram problemas decorrentes do vírus. Agora, depois de mais de 12 meses e do avanço da vacina, chegou o momento de recuperar o que foi perdido e aumentar as vendas.

Neste conteúdo, apresentaremos 6 dicas que auxiliam na melhora dos números e no resgate dos resultados conquistados antes da doença se alastrar pelo país. Confira uma prévia:

  1. crie ações para fidelizar clientes e conquistar novos;
  2. invista em inovação e tecnologia;
  3. faça uma boa gestão financeira;
  4. saiba gerenciar riscos;
  5. redobre os cuidados com inadimplência;
  6. mensure os resultados.

Abaixo, leia mais sobre cada um deles e entenda as ações em detalhes. Veja mais!

Veja 6 dicas para aumentar as vendas na retomada econômica

Os números crescentes da vacinação trazem a esperança da retomada econômica para os empresários. Atualmente, já temos mais de 58% da população completamente imunizada, o que totaliza mais de 123 milhões de pessoas. Além disso, as exportações, que igualmente contribuem para a recuperação, tiveram um crescimento de 62,5% em novembro de 2021, quando comparado a 2020. 

O mesmo estudo citado anteriormente, da Covid Radar, mostrou que 89% das empresas já estavam se preparando para esse momento. Entre os temas que mais chamam a atenção na retomada, está, em primeiro lugar, as ações para fidelizar os clientes atuais e conquistar novos. Além disso, também se destaca, na quarta posição, a incorporação de inovações no processo e no negócio. 

Diante desses dados, é impossível não concordar que chegou o momento de encontrar formas de aumentar as vendas e resgatar o faturamento perdido. Então, conheça 6 dicas para colocar em prática logo. Acompanhe!

  1. Crie ações para fidelizar os clientes atuais e conquistar novos

Para aumentar as vendas, é preciso de clientes. E, para tê-los, é essencial fidelizar os que você já tem e pensar em estratégias que tragam novas pessoas. Nos dois casos, entender a fundo o comportamento do seu público é primordial. Assim, é possível conhecer quais ações o fariam escolher sua empresa em vez do concorrente. Envio de e-mails, promoções, programas de indicação e condições especiais costumam funcionar para manter os consumidores por perto. Criar conteúdos em que você deixe claro como a sua solução auxilia no problema deles também. 

Mas, aqui, além de fazer marketing, é preciso entregar um serviço eficiente por completo. Uma vez que, não adianta ele comprar com a sua companhia e, na hora que precisar de suporte, por exemplo, ser mal atendido. Ou, até mesmo, não ter o problema resolvido. Por isso, é necessário garantir que a comunicação seja eficaz. Pode ser tanto com uma equipe capacitada ou com soluções tecnológicas que garantam assertividade e rapidez. 

  1. Invista em inovação e tecnologia

Buscar soluções inovadoras sempre fez empresas darem um passo à frente. Pois, com esse pensamento, os desafios são superados de forma diferente do comum e a tecnologia está sempre auxiliando. Essa ideia se aplica não só na hora de oferecer os seus serviços, mas, além disso, servem para tornar a experiência do cliente única. 

Uma das recomendações é investir em análise de banco de dados. O nome parece chato, não é mesmo? Mas, acredite, as informações geradas com esse recurso fazem empresas enxergarem oportunidades que não existiam e superar desafios de forma muito mais ágil. 

Um ótimo exemplo é o Analytics da Dígitro. Com ele, você consegue tomar decisões mais certeiras, afinal, elas estão baseadas em dados. E a leitura delas é muito fácil. A plataforma apresenta relatórios e dashboards que auxiliam a aprimorar a gestão, potencializar a produtividade e reduzir custos. 

Também é uma ótima ideia investir em ferramentas que unificam os canais de comunicação com o cliente como o UNA. Assim, uma conversa, que inicia por telefone, pode continuar pelo WhatsApp sem que nenhum dado importante se perca no meio do caminho. Por fim, uma outra indicação eficiente é contar com assistentes virtuais. Eles automatizam o atendimento e fazem com que a resposta chegue mais rápido ao seu consumidor. 

  1. Faça uma boa gestão financeira

Aumentar as vendas fará mais dinheiro entrar no caixa da empresa. Porém, se você tiver um controle ineficiente dos números e não entender onde pode diminuir despesas, novas compras não serão o suficiente. Por isso, garanta um bom capital de giro para poder manter as obrigações em dia e não ter prejuízos. Aqui, o banco de dados ajuda a enxergar novas possibilidades e visualizar um diagnóstico completo das suas finanças. 

  1. Saiba gerenciar riscos

Quando a pandemia chegou, nenhuma das companhias estavam preparadas. Todas as dificuldades que foram encontradas a partir disso nos mostraram o quão indispensável é ter uma boa gestão de riscos. Inclusive, sem medidas emergenciais em mente, a possibilidade do seu negócio paralisar as atividades é grande. 

Para não errar, esteja ciente de todos os acontecimentos e crie caminhos para lidar com ameaças em potencial. Em resumo, é preciso saber o que fazer caso um grande problema aconteça. No início do surto da Covid-19, por exemplo, companhias que tinham em mãos ferramentas que auxiliavam no trabalho em home office saíram na frente. Afinal, já estavam preparadas para aquele modelo de trabalho. 

  1. Redobre os cuidados com a inadimplência

Outro ponto essencial para manter a empresa funcionando é ter um baixo índice de inadimplência. Por isso, redobre os cuidados com os atrasos dos seus consumidores. É claro que você não precisa ser agressivo. A cobrança pode ser efetuada com empatia, de forma amigável e personalizada a cada caso. Mostre que a sua equipe está disposta a encontrar soluções que ajudem a pessoa a quitar suas dívidas. Dessa forma, o cliente ganha e o seu negócio recupera o valor perdido. 

  1. Mensure os resultados

Com todas as ações anteriores rodando, você precisa mensurar resultados para saber quais estão funcionando e conhecer outras que precisam de melhorias. Acompanhe esses números frequentemente para encontrar formas de otimização, além de investimentos propícios para o crescimento do negócio. 

Agora é hora de colocar em prática as ações aprendidas neste conteúdo. Conte com a Dígitro para auxiliar com ferramentas inovadoras e eficientes em atendimento, gestão de dados e segurança da informação. Esperamos você!


 
Fale com a gente (chat)
Preencha as informações abaixo para iniciar o atendimento
Chat by Interact, da Dígitro